Marca Zênite

Ministério da Economia centralizará licitação para contratar serviços terceirizados em 51 órgãos no DF

Para ampliar a transparência sobre o processo, o Ministério realizará uma audiência pública no dia 11 de setembro

O Ministério da Economia (ME) realizará licitação para contratar serviços de apoio administrativo, recepção e secretariado para 51 órgãos e entidades da Administração Pública Federal localizados no Distrito Federal. A medida deve gerar uma economia de R$ 106 milhões para o governo e, até o momento, o Ministério estima que 10.565 profissionais sejam alocados nesses órgãos. Para ampliar a transparência sobre o processo, o ME promoverá, no dia 11 de setembro, às 10 horas, uma audiência pública virtual.

“Esta será a primeira vez que o governo federal realizará uma licitação centralizada para esse tipo de mão de obra. Antes, existiam 36 cargos diferentes para a execução desses serviços terceirizados; agora, serão somente sete”, explica o secretário de Gestão da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do ME, Cristiano Heckert. Os profissionais foram separados em 26 lotes e o valor total estimado da contratação é de R$ 1,5 bilhão.

A licitação prevê a execução dos serviços mediante alocação pela contratada de empregados para os cargos de auxiliar administrativo, assistente administrativo, recepcionista, recepcionista bilíngue, secretário executivo I, secretário executivo II e técnico em Secretariado. O contrato terá duração de 30 meses e exigirá a disponibilização de solução tecnológica para subsidiar a gestão e fiscalização contratual, por meio de aplicação web e aplicativo mobile.

“Buscamos, ao centralizar esse processo, a padronização das descrições, requisitos e valores dos cargos, assim como dos parâmetros de gestão e fiscalização contratual, e, ainda, a qualificação dos empregados alocados”, afirma Heckert.

Audiência Pública Virtual nº 04/2020 será transmitida pelo canal do YouTube do Ministério da Economia. Os interessados poderão enviar questionamentos e sugestões para o e-mail central.licitacao@planejamento.gov.br, até o dia 8 de setembro de 2020.

Acesse o Termo de Referência