Publicado em: 20/09/2018.

Ação cumpre quatro mandados de prisão temporária e 19 de busca e apreensão em empresas, escritórios de contabilidade e residências

Nesta quinta-feira (20), o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) participa da Operação Hospitator, que apura fraudes em licitações e desvios de recursos públicos das áreas de educação, saúde e assistência social no município de Abaetetuba (PA). A ação é realizada em parceria com a Polícia Federal e a Receita Federal.

O trabalho teve início a partir de investigação de desvio de recursos por duas empresas em convênios com a prefeitura de Abaetetuba. Com a quebra do sigilo bancário e fiscal dos investigados, verificou-se a existência de complexa rede de empresas e escritórios de contabilidade que atuavam, com a anuência de agentes públicos, para participar e ganhar licitações irregularmente. Cerca 25 empresas envolvidas receberam da prefeitura aproximadamente R$ 70 milhões.

A operação cumpre quatro mandados de prisão temporária e 19 de busca e apreensão em empresas, escritórios de contabilidade e residências de envolvidos nas cidades de Abaetetuba e Belém, ambas no Pará. O trabalho conta com a participação de cerca de 80 pessoas, entre auditores da CGU, policiais federais e servidores da Receita Federal.

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) esclarece que a ação apura fatos referentes à gestão municipal 2009-2016, não tendo relação com a recente Fiscalização de Entes Federativos - 5º Ciclo, realizada pelo órgão, em Abaetetuba, no mês de agosto de 2018.

Fonte: http://www.cgu.gov.br/noticias/2018/09/operacao-hospitator-investiga-fraudes-em-licitacoes-em-abaetetuba-pa