Marca Zênite

Ouvidorias buscam papel proativo na melhoria dos serviços públicos

Publicado em: 31/10/2018.

No início de outubro, a Ouvidoria-Geral da União (OGU) passou a publicar um painel de estatísticas que joga mais de luz sobre as relações entre os órgãos da administração pública federal e os cidadãos. A partir do nome da publicação, que é uma pergunta e não um mero título — “Resolveu?” —, a OGU anuncia a disposição de tratar de mais elementos da realidade do que seria possível se fizesse apenas a simples tabulação de dados reunidos por centrais de telefônicas e virtuais.

O Resolveu? apresenta os resultados da coleta e análise de números referentes aos serviços de atendimento das ouvidorias públicas do país, bem como do acesso a esses serviços, numa perspectiva ampla.

Painel Resolveu? é uma ferramenta de busca que auxilia gestores e cidadãos no exercício do controle social, com a disponibilização de informações sobre atendimento de ouvidorias públicas (Imagem: reprodução)


Aumentar a presença virtual das ouvidorias públicas é uma aposta da OGU para otimizar a atividade. Atualmente, é possível fazer denúncias, sugestões, reclamações, solicitações ou elogios a qualquer ouvidoria federal através do Portal e-OUV, um sistema centralizado. A Controladoria-Geral da União, principal órgão de prestação de contas interno da administração pública, também recepciona manifestações feitas através de seus perfis nas redes sociais, de acordo com o ouvidor-geral, Gilberto Waller Júnior. Ele afirma que manter essa estrutura faz parte das atribuições de uma ouvidoria moderna: ser proativa e identificar de antemão onde a sua presença é necessária:

— O Estado não está esperando que o cidadão acione o canal oficial. Está indo buscar a demanda onde ela estiver. É mais fácil ficar passivo, esperando, mas hoje o cidadão conversa em outros meios. Se ele está descontente, cabe a nós ir atrás.