Marca Zênite

Portal da Transparência atinge número recorde de consumo de dados por API

O volume de consultas aos dados do Portal da Transparência do Governo Federal feitas por máquinas cresceu mais de 10.000% desde o lançamento da nova versão, no ano passado. O indicador de utilização da API – Interface de Programa de Aplicativos (do inglês, Application Programming Interface) do Portal apresentou elevação recorde no último mês de fevereiro, saindo de 124 mil requisições registradas, em agosto de 2018, para aproximadamente 12,8 milhões.

Alternativa à navegação tradicional, a API é uma ferramenta específica para usuários técnicos que desejem obter informações sem navegar pelo site, inclusive por meio do desenvolvimento de programas que se conectam diretamente às bases de dados. As APIs permitem, por exemplo, que máquinas ou robôs obtenham acesso automático aos dados do Portal para a criação de aplicativos, análises de dados e outros usos.

O novo Portal da Transparência, lançado em junho de 2018 pela Controladoria-Geral da União (CGU), disponibilizou aos usuários diversas consultas via API, incluindo: benefícios sociais, contratos, convênios, empresas, licitações, sanções, servidores, entre outras. As APIs do Portal retornam os mesmos dados apresentados em tela, com a vantagem da flexibilidade característica da ferramenta.

Confira os números de acesso desde que foi iniciada a coleta das estatísticas da API:

Mês Ano Usuários* Sessões** Requisições
Agosto 2018 2.263 16.906 124.308
Setembro 2018 2.291 18.930 111.667
Outubro 2018 2.515 25.717 213.635
Novembro 2018 2.626 26.741 205.418
Dezembro 2018 4.717 26.608 185.759
Janeiro 2019 21.353 49.973 1.462.920
Fevereiro 2019 43.028 65.072 12.878.736
Março 2019 47.490 76.923 11.312.099

*Os utilizadores que iniciaram pelo menos uma sessão durante o período
**Período de tempo que um utilizador interage ativamente
***Até 18 de março de 2019

A Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) da CGU foi responsável pelo desenvolvimento da API de dados abertos do Portal da Transparência. Foram utilizadas as tecnologias abertas Java e REST (Representational State Transfer), que permitem consultar a API com ferramentas Web diversas. A documentação e os exemplos de uso da API foram implementados com a suíte de código-aberto “Swagger”, facilitando o entendimento do uso da interface pelos desenvolvedores interessados.

Para saber mais sobre API e conhecer as consultas disponíveis no Portal, acesse: http://portaldatransparencia.gov.br/api-de-dados 

Controle Social

Ao disponibilizar os dados de diferentes formas, o Portal da Transparência preza pelos princípios de Governo Eletrônico, a fim de atender aos diversos perfis de usuários. Para isso, além de consultas online e com visualizações que buscam transmitir, de forma simples, como o Governo Federal usa os recursos públicos, o acesso livre e aberto aos dados para desenvolvedores e engajados com a tecnologia da informação facilita a criação de novas ferramentas em prol do controle social.

Fonte: http://www.cgu.gov.br/noticias/2019/03/portal-da-transparencia-atinge-numero-recorde-de-consumo-de-dados-por-api21


Fonte: