Marca Zênite

Rio Grande do Sul passa a integrar portal de serviços do governo federal

Os cidadãos gaúchos contam, a partir de agora, com maior facilidade no acesso a informações sobre serviços públicos na internet. Após a integração ao portal Serviços.gov.br, os mais de 500 serviços públicos prestados pelo governo do estado do Rio Grande do Sul aparecem lado a lado com os do Governo Federal. Além do Rio Grande do Sul, Alagoas e Paraná também têm serviços integrados à plataforma.

“Essa integração é um grande passo, não só pelo resultado obtido, mas por comprovar que trabalhando juntos podemos ir mais longe e mais rápido, inovando e facilitando a vida para o cidadão brasileiro”, aponta o diretor do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Rio Grande do Sul, Alexandre Rovinski Almoarqueg.

O diretor do governo gaúcho aponta que a grande vantagem, não só para o cidadão do estado, mas para o cidadão brasileiro, é poder ter os serviços à disposição sem necessariamente ter de saber a origem – federal, estadual ou municipal –, o que torna o consumo de serviços públicos muito mais fácil.

Com a Rede Gov.br, lançada oficialmente no final de novembro, pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo ministro Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Colnago, estados e municípios podem contar com soluções digitais de sucesso. Uma dessas inovações tecnológicas é o Serviços.gov.br, que reúne informações sobre a prestação dos serviços públicos, mas oferece também ferramentas que permitem a solicitação, o acompanhamento e a avaliação dos serviços.

De acordo com Almoarqueg, o governo do Rio Grande do Sul pretende ainda trabalhar na integração dos registros de usuários a fim de facilitar ainda mais o acesso aos serviços. “Também já estamos trabalhando para utilizar o componente de avaliação de serviços da plataforma”, informou.

Outras soluções que podem ser compartilhadas no âmbito da Rede Gov.br são as plataformas de acesso e autenticação de usuários – que já vêm sendo utilizadas pela prefeitura de Blumenau (SC), por exemplo – e de cruzamento e análise de dados, o GovData. Há, ainda, um catálogo de aplicações que facilitam a comunicação e troca de dados entre sistemas de diversos órgãos.

A Rede Gov.br também pretende integrar o fluxo de informações entre as administrações federal, estaduais e municipais e, assim, reduzir a burocracia e ampliar a oferta de serviços públicos por meios digitais.