Marca Zênite

Servidores federais: balanço registra 49% em trabalho remoto e 1.876 casos confirmados de covid-19

Os dados são da semana de 20 a 24 de julho coletados junto às unidades de gestão de pessoas dos servidores federais civis

Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal (SGP) do Ministério da Economia (ME) atualizou as informações coletadas na pesquisa sobre o trabalho remoto e casos confirmados da Covid-19 no âmbito do Poder Executivo Federal civil. Dados coletados na semana de 20 a 24 de julho apontam 49% dos servidores públicos federais civis trabalhando em casa, o que corresponde a 79.500 servidores. Os casos confirmados da Covid-19 registrados no sistema são de 1.876.

A pesquisa não inclui as instituições federais de ensino. Dentre os demais órgãos, praticamente metade (49%) das unidades administrativas de gestão de pessoas respondeu à pesquisa semanal da SGP referente à semana de 20 a 24 de julho. Essa parcela que encaminhou os dados representa 162.190 servidores ativos, ou 58,5% da força de trabalho, sem considerar a Rede Federal de Educação (RFE).

Pelas características particulares de autonomia das instituições que integram a RFE (universidades, institutos e demais instituições de ensino federal), os seus números são divulgados pelo Ministério da Educação, no Portal do MEC. Conforme dados atualizados pelas próprias universidades e institutos federais, atualmente 278.267 servidores, ou seja, 95% da força de trabalho da RFE estão em trabalho remoto.

Em todos os órgãos e entidades da Administração Pública Federal, incluindo as instituições da Rede Federal de Ensino, portanto, o número de servidores públicos em trabalho remoto é de 357.767, o que representa 63% do total da força de trabalho.

Campanha #Contecomigo #Suavizeacurva

A Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal tem reforçado o apoio aos cerca de 600 mil servidores públicos federais, neste momento, por meio da Campanha #Contecomigo #Suavizeacurva. Desde o dia 20 de março, quando foi lançada, a campanha divulga, semanalmente, dicas para lidar com o isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus e, ao mesmo tempo, continuar entregando serviços de qualidade, sem descuidar da saúde e do bem estar dos servidores.

Na página das Novas Regras também estão todas as instruções normativas já publicadas com as orientações sobre a gestão de pessoal durante o período de pandemia.